A cada quatro anos, o mundo todo se reúne para o evento esportivo mais famoso e tradicional da história: os Jogos Olímpicos de Verão. Em cada edição, a celebração acontece em diferentes países, dando a oportunidade de conhecermos as diversas culturas que nos rodeiam enquanto comemoramos e torcemos pelos atletas em suas diferentes modalidades e competições. Devido a pandemia do coronavírus que abalou o mundo no ano passado e ainda não foi sanada, a edição de 2020 acontecerá em 2021, na moderna metrópole de Tóquio, no Japão, país extremamente famoso por sua cultura e gastronomia. Enquanto aguardamos este grande evento, conheça algumas curiosidades sobre as Olimpíadas de Tóquio em 2021.

ANFITRIÃO VETERANO

Esta é a segunda vez que o Japão sedia uma edição dos jogos olímpicos. O evento aconteceu pela primeira vez no país em 1964 e foi marcado como a inauguração de um destino asiatico para o evento.

Na ocasião, o Japão teve a oportunidade de se recuperar após a guerra e mostrou ao mundo que é um lugar amigável, pacífico, tecnológico e aberto.

A CIDADE-PROVÍNCIA DE TÓQUIO

A capital japonesa é mais considerada uma província do que uma simples cidade. Sua região metropolitana possui mais de 23 distritos, com uma área de mais de 620 quilômetro quadrados e mais de 37 milhões de habitantes, muito semelhante a como enxergamos a região metropolitana da grande São Paulo.

NOVAS MODALIDADES

O surf, o karatê e a escalada esportiva são algumas das modalidades a estrearem pela primeira vez no evento. Mas de todas elas, a mais esperada é o skate que, sem dúvidas, irá atrair a atenção de muitos garotos e garotas apaixonados pelo esporte. O skate contará com duas modalidades: o skate Park e o skate Street.

Neste último, quem deve brigar pelo ouro em nome do Brasil é o trio de campeãs mundiais: Rayssa Leal, Pâmela Rosa e Letícia Bufoni. As brasileiras passaram na decisão da classificação com a primeira, a quarta e oitava melhores notas no mundial de Roma, e devem nos dar muito orgulho em Tóquio.

MEDALHAS SUSTENTÁVEIS

Os organizadores do evento planejam usar o ouro presente em aparelhos eletrônicos que serão reciclados para fabricação de mais de 5 mil medalhas sustentáveis. Através da doação de celulares e outros aparelhos, essa ação de sustentabilidade mostra um grande avanço e pode servir de exemplo para outras edições.

MASCOTES E EMBAIXADORES

Conhecido como o elemento mais popular durante os jogos, o mascote dos jogos existe para que os países anfitriões se personifiquem ao evento, dando um toque pessoal e cultural, animando o público.

Nesta edição de Tóquio, o mascote oficial escolhido foi o  Miraitowa , inspirado no provérbio japonês: “aprenda com o passado e desenvolva novas ideias”, significando que o mascote abraça o futuro sem esquecer tudo que aconteceu no passado.

Além dos mascotes oficiais, haverá embaixadores na forma de personagens e figuras famosas da cultura pop japonesa, como heróis de animes, mangás e videogames.

Se você pretende visitar o Japão para os Jogos Olímpicos, não deixe de aproveitar as delícias da gastronomia japonesa, sendo o quarto país que mais consome peixes e frutos do mar. Caso fique por aqui, você já pode ir entrando no clima das Olimpíadas de Tóquio com os produtos DellMare e Saint Peters, a seleção mais completa e fresca de pescados disponíveis para você.

Fontes:
Olimpiadatododia.com.br <http://olimpiadatododia.com.br/> :  https://www.olimpiadatododia.com.br/skate/238667-campea-mundial-skatista-pamela-toquio-2021/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *